Viver nas nuvens do conformismo é medo de se jogar e regar os seus sonhos

Cair em meio a uma imensidão era medo suspenso, cada tempo no seu, eu haveria de saber o meu dia de refrescar o mundo seco e suas fases ressecadas.

No meio das tempestades decorrentes eu me segurava para não pular recuando-me a me isolar. Acumulando-me, formado em tempestades, tornando-me turbulenta.

Observava a coragem dos demais saltando dos seus medos, e encorajando-se a serem mais vitoriosas consigo mesmas. Eram saltos delirantes e corajosos, e eu ali, mantendo-me firme na minha nuvem de desespero.

Meu medo da batida, do contato naquela imensidão pra mim desconhecida ainda fazia-me fugir e distanciar-me dessa alternativa de surtar para um salto delirante.

Eu me via secando em meio ao demais. Eu poderia ser muito mais que uma simples gotícula. Se tocasse o chão, se umedecesse a face dos meus problemas me faria crescer.

Resolveria cuspir os meus medos e me posicionar na minha existência.

Claramente o medo era extenso, saltar para a vida? Ou pregar-se a viver entre as nuvens da minha própria tempestade?

Eu ousei em fechar meus receios e pular para uma nova sensação. Meu coração acelerou com essa nova investida, eu vivi a brisa em meu externo. Eu senti a vibração do interno na minha face. A velocidade do tempo me aproximando de uma nova situação e sensação.

Sentia-me tocar a face do mundo e da terra, pensava eu que seria brutalmente uma violência contra mim, mas o toque do refrescar na minha alma sendo dividida em mil partículas e distribuindo felicidade por onde eu me encaminhava, era único e preciso.

Eu permaneceria naquele estado, contudo, cresceria. Seria evaporada para o alto e regressaria a dar e ser os prazeres da minha existência. Sentiria a minha leveza sendo direcionada a novos prazeres.

Saber se jogar de certas alturas nos trazem certos desesperos. Entretanto, nos acumulando em nuvens, nunca saberemos o nosso poder de fazer crescer as mudas secas da vida. Despencar dos céus é preciso, pois existem situações aqui na terra que necessitam da nossa precisão humana.

Seja o chuvisco das suas pretensões e fará crescer as mudas dos seus sonhos. E como alcançar isso? Sabendo se jogar do alto das nuvens.

Imprimir

Compartilhe:

Foto de perfil de Myra Soarys

Myra Soarys

Intensa. Provocadora e sabe o quer. Adora Literatura de cordel e música boa. É pintora e desenhista. De personalidade forte. Um pouco impaciente. Expõe seus pensamentos. Os mais sadios e os mais doentios.

Pular para a barra de ferramentas