Sala de Aula – Espaço de Muitos Mundos

Ao longo dos séculos, as transformações advindas de descobertas técnico-científicas passaram a interferir com cada vez mais veemência nas relações humanas – neste sentido, a educação e seus desdobramentos têm emergido como elementos que, obrigatoriamente, passam a sofrer o impacto direto da metamorfose global e, dessa forma, são impelidos a se tornarem alvos de reflexão – por parte de seus agentes, neste caso – que vise adaptar a realidade dos educandários da atualidade aos anseios estudantis que estão a se manifestar, muitas vezes, invisivelmente.

Partindo da ótica do aprendizado como processo construído continuamente, denota-se que os padrões aos quais a sala de aula tem se sujeitado desde as primeiras instituições educacionais não mais atendem às necessidades do contexto mundial, as quais, apesar do aparente individualismo, tendem a aprimorar a eficácia das práticas pedagógicas e, simultaneamente, dar ao ambiente escolar a significação almejada por educadores dos quatro cantos do globo. Nesse contexto, reformas metodológicas tendem a se expandir com grande vigor em regiões que possuem a melhoria de parâmetros educacionais como meta, com tendência a valorizar a inovação –  a qual, indiscutivelmente, requer o capitalismo e incomparável poder de atuação – na mediação da conexão professor-aluno.

Entretanto, é nítida a inviabilidade de colocar estratégias contemporâneas em prática sem análises plausíveis das muitas realidades englobadas pelo universo escolar e, sobretudo, na ausência de reflexões sobre a adequação de cada envolvido à agenda pensada. O papel do professor, assim, recebe conotações que, apesar de não o dissociarem do ensino teórico, passam a caracterizá-lo como ator do processo, cujos resultados sobrepõem-se a tradicionais padrões avaliativos – dá-se, por consequência, o sentido tão almejado ao espaço onde o amanhã é construído diariamente.

“(…) Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje (…). Temos de saber o que fomos, para saber o que seremos.” (Paulo Freire)

Imprimir

Compartilhe:

Foto de perfil de Renan Schwingel

Renan Schwingel

Nascido em 2001, atualmente cursa o Ensino Médio no SENAI Concórdia. Tem expressado seu interesse pelo aprimoramento da causa educacional ao atuar como Jovem Embaixador pela FIESC desde 2015, sempre acreditando no poder da liderança e da reflexão.

Pular para a barra de ferramentas