“O Que é Arte Afinal?” Uma Pergunta Sem Resposta?

O contato que temos ao longo da vida com expressões artísticas é de extrema importância para a formação do nosso senso estético. Logo quando vivemos em uma sociedade que glorifica as produções artísticas de origem europeia, nosso senso estético tende a preferir, ou até mesmo, a considerar “arte” somente aquilo que se aproxima do que estamos acostumados.

A tradição artística europeia, e a noção do que é “arte” advinda desse continente, logo se torna o senso comum do que é arte em territórios tocados pelo imperialismo ou pela colonização europeia. Pinturas, esculturas, música clássica e o teatro, formam o “kit” essencial do  homem “intelectual”. No entanto, as definições do que significa arte vão muito além do que acreditam os europeus. A Europa apesar de culturalmente possuir um impacto maior sobre o mundo, do que os demais continentes, não representa a raça humana, e principalmente não representa globalmente as visões acerca do que é arte.

Sociedades de caçadores e coletores da África e da Austrália, não possuem uma palavra similar a arte, para eles, seus objetos de expressão, tecidos e vasos possuem um aspecto mistico de adoração a natureza. Logo, a noção artística eurocêntrica não se encaixa na visão mística dos Khoisan da África, nem dos aborígenes australianos. E quanto as intricadas tapeçarias turcas? Ou as tatuagens Maori?

A visão artística europeia, foi moldada por séculos de interação entre as culturas e, principalmente, pela dispersão causada pelo império romano. Após a cristianização da Europa, a arte passou ao campo religioso. Com as revoluções do século XVII e XVIII, mudanças comportamentais alteraram o estilo das expressões artísticas europeias, elevando o homem e o mundo acima da figura divina, que tinha sido a protagonista das principais obras de arte durante a idade média. Podemos notar então, que até mesmo a noção do que é arte para os europeus, mudou de acordo com a História. No final, toda forma de expressão abstrata é “arte”. Arte é pintar um quadro elevando as belezas de um amante, ao invés de falar “como você é linda”. Arte é expressar a angústia de forma abstrata, ou o terror, como no famoso quadro “O Grito”.

Não existe então, como esperado uma resposta para o que é arte. Muitas culturas possuem visões diferentes do “fazer arte”, enquanto outros nem mesmo possuem termos para tanto, mesclando suas expressões materiais e imateriais abstratas, como mais uma representação da misticidade do mundo. A arte é um elemento introspectivo humano, e vária de acordo com o individuo e a cultura da qual o mesmo faz parte.

Imprimir

Compartilhe:

Pular para a barra de ferramentas