• Fábrica de suicidas
    O maquinário existe, seríamos montados pelas mãos do holocausto mental humano. Saber quando iríamos ser expostos nos causava um delírio intrigante. Pequenos ou grandes distúrbios distribuídos pelo mercado da morte. De alguma forma, esses eram personagens montados e construídos para serem danificadores de nós mesmos. Eu fazia parte dessa maquinaria. Eu era a junção de peças quebradas. Eu era um [...]
  • Sobre Leis e Salsichas
    Os cidadãos não poderiam dormir tranquilos se soubessem como são feitas as salsichas e as leis. Em 1889, Otto Von Bismarck, Chanceler Alemão, cria o instituto de previdência social da Alemanha. Não o fizera, porém, por vontade própria, e sim com o intuito de obter apoio político das classes trabalhadoras. Passados 101 anos, porém, a Alemanha, às voltas com o crescente número de beneficiados e com [...]
  • Histórias para o Brasil Part. 1 – Introdução
    Para o indivíduo sincero é sempre desconcertante falar sobre o Brasil ressaltando qualquer outra coisa que não sua diversidade. Este fato está ligado a uma realidade pulsante: no Brasil a mistura é a regra, onde outros países conseguiram manter determinadas identidades em espaços comuns, no Brasil a indistinção se manteve. Tal indistinção, no entanto, aumentou o desafio de fundamentar o [...]
  • BRICS: Contestação da Ordem Financeira Global, Primeiras Cúpulas e Desenvolvimento do Bloco
    Em 2008, a partir da crise financeira, a segurança que o globo possuía em relação aos órgãos internacionais diminuiu. A contestação da ordem surgiu a partir da ruptura da estabilidade econômica. Surgiram dois movimentos contra hegemônicos, paralelos ao estamento burocrático: os países que desejaram isolar-se e os que almejaram criar novos blocos econômicos. Ambos descontentes com a condução da [...]
  • Os filhos do Silêncio – A beleza de não entender
    Quando vivemos em meio a razão, utilizamos esta ferramenta para entendermos o mundo, e o que não é encaixado na razão é descartado. Mas existe uma beleza escondida em não compreender. É uma espécie de almejar tão somente a expressão, dispensando o entendimento. Há uma beleza escondida na contemplação. Não entender é uma maneira de entender, entender nossa limitação e repousarmos nossa alma no [...]
  • Assédio dos medos
    O medo abusa, arrepia, desgraça, se anuncia, faz quebrar sua realidade e faz manifestar-se no mundo dele. O medo te assedia, te olha com olhos de desgraça, te vigia. Em qualquer esquina, em qualquer dobra da sua vida, o medo te encontra. Quando não sabemos desviar dele, ele nos penetra a carne, mastigando nossa sanidade, fazendo de nós sua cartela de apostas favorita na qual o medo sabe [...]
  • Da comodidade ao conformismo: Passividade diante aos Problemas.
    Primeiramente largue o que está fazendo, mas não se acomode, pois nesse texto você irá entender o quanto isso é ruim. Vamos lá, meu caro leitor, farei aqui uma breve introdução acerca de algo que vem me chamando atenção há muito tempo, trata-se de um dos males de nossa situação de vida atual, a comodidade de espírito. Quando falo em comodidade de espírito quero tratar de um dos fatores essenciais [...]
  • Dos princípios bioéticos para os referenciais da bioética – universalidade e singularidade na bioética
    Samuel Sabino O século XXI iniciou-se com dois importantes legados para a humanidade. O início de códigos e tratados que defendem a dignidade humana e a era da informação. Se o primeiro legado se inaugura com o código de Nuremberg quando o discurso revela o que podemos ou não fazer com pessoas, sempre pela perspectiva de ferir ou não a dignidade; o segundo se restringi a era da internet e redes [...]
  • O mito do referencial, a vida social e a ciência moderna: algumas considerações popperianas
    Resumo Este artigo terá como objetivo discorrer brevemente sobre alguns fatores relevantes para o crescimento da influência do mito do referencial na vida social e no campo da pesquisa científica. Esse mito, de acordo com Popper, é o que sustenta o relativismo contemporâneo, isto é, a doutrina segundo a qual a verdade é relativa ao nosso referencial ou formação intelectual (POPPER, 2008). [...]
Pular para a barra de ferramentas